Avô

1 comment
Sabeis senhor meu avô
a falta que me fazeis?
Sabeis quantas vezes
fecho os olhe e te vejo
para os abrir e voltar a ver-te?
Sabeis o dificil que é
não contar com a sua gargalhada?
Haveis algum dia sabido
o quanto te amei?
Saberá alguém que
nunca mais serei igual?

1 comment

Angie 19 March, 2009 13:36

Já reparaste que ele partiu mas te deixou tantas memórias, que te inspiram e que te levam a escrever, algo que te dá tanto prazer, que te faz sentir tão livre?Abraço "axicalhado"!;)