É a vida

1 comment
Há qualquer coisa de cruel na vida quando se tem que lembrar à avó que o avô não volta.

1 comment

Angie 28 March, 2009 12:20

A Avó não precisa de saber que o Avô partiu, até porque, ele continuará sempre presente. Tenho a certeza que com a tua sensibilidade de poeta e, contador de histórias consegues serenar o seu e o teu coração: lembrar os bons momentos com o Avô. Ela vai saber reconhecê-lo. O corpo pode esquecer, mas o coração identifica sempre onde há carinho. Abraço :)